Meu bebê não quer comer – e agora?

o que fazer quando o bebe não quer comer

Bebês são muito seletivos na hora de comer, mas não há motivos para se desesperar se eles rejeitam a comida

Se o seu bebê não quer comer a papinha fresquinha que você acabou de fazer, não se desespere. Você não está sozinha. Pesquisas mostram que 60% das mães em todo o mundo se preocupam com o fato de seu bebê não estar comendo o suficiente, mas apenas 30% das crianças realmente comem pouco.

Como acontece com todas as coisas, se você estiver preocupada com a alimentação do seu filho, o mais recomendado é conversar com o pediatra, mas na maioria dos casos o problema pode ser resolvido com ajustes na rotina e variedade no cardápio.

O fato é que quase todas as crianças vão fazer birra na hora de comer. Quando se aproximam de 1 ano de idade, elas estão começando a andar e há muita coisa nova acontecendo – o que pode levar ao desinteresse pela comida.

Além disso, é preciso considerar que o bebê é pequeno, então ele não irá comer muito – pequenas quantias são tudo o que ele precisa. Não pense que o seu filho é pequeno e magro porque não come. O que ocorre, nesse caso, é que por ser magrinho o corpinho dele precisa de menos alimentos.como fazer para o bebe comer

Uma coisa que os pediatras sempre aconselham é observar o quanto o bebê comeu durante uma semana inteira, em vez de basear suas expectativas em apenas um dia ou dois. Às vezes ele não come um dia, mas no outro se alimenta bem, e não há problemas com isso.

Quanto aos alimentos em si, eles também podem ser cruciais na atitude do seu filho com relação à comida. Não dê guloseimas ao bebê, como doces e salgadinhos. Isso irá tirar o apetite dele e será mais provável que ele não queira comer comida “de verdade” na hora das refeições.

Uma coisa que as mães podem fazer é manter um diário da alimentação dos bebês, porque assim será bem mais fácil identificar quando e, talvez, até por que eles não comem, além das quantidades.

Outra coisa indicada por pediatras é que os pais ajudem o bebê a criar uma relação saudável com a comida desde o início. Por isso, evite impor castigos pela falta de alimentação ou oferecer prêmios quando a criança come, porque isso irá estabelecer um hábito muito negativo.

Também não é aconselhável forçar a criança a comer, porque isso pode ter o efeito contrário e fazer com que ela simplesmente se recuse a comer qualquer coisa que lhe for oferecida. Dê a ela alimentos saudáveis e deixe que ela os consuma em seu ritmo de saciamento, sem pressões. Pode ser que você sinta o impulso de interferir nesse processo, mas contenha-se.

Quanto ao tipo de comida, pode ser que o bebê tenha as suas preferências, e isso é normal, porque tudo no mundo dele está relacionado a hábitos e coisas que o fazem sentir confortável e seguro. Então, ele pode querer comer a mesma comida por semanas – e você deve simplesmente aceitar esse fato.

Continue sempre oferendo uma variedade de alimentos nutritivos ao seu bebê, mas deixe a pressão de lado. Se ele não quiser comer e pular uma ou duas refeições, não se desespere. Ele irá comer quando sentir fome, então deixe-o exercer a sua independência.