Gravidez semana a semana – 14˚ a 18˚ semana

No quarto mês de gravidez, é essencial que você cuide da alimentação e pratique exercícios físicos para fortalecer o corpo. O feto sofrerá inúmeras alterações e você começará a perceber seus movimentos.

Quarto mês de gravidez

A partir do quarto mês de gravidez, começa o segundo trimestre de gravidez e, com ele, uma nova etapa do desenvolvimento do bebê. 

Semana 14 da gravidez

O feto continua com o crescimento, o suor e as glândulas sebáceas se desenvolvem.

O bebê 

O pescoço aumenta, permitindo que as orelhas se movam para cima e encontrem a posição certa. Os movimentos dos olhos começam, mas com as pálpebras fechadas. A cabeça permanece flexionada, de modo que o queixo toca o peito. 

Um destaque nesta semana é o desenvolvimento e a funcionalidade das glândulas sebáceas.

Mãe

Já na 14ª semana de gravidez, se foram quase todos os desconfortos associados ao primeiro trimestre. A gestante, em geral, está muito bem, no entanto, novos sintomas aparecem.

As gengivas ficam mais sensíveis e é possível que sangrem durante a escovação e os sangramentos nasais possam ocorrer.

Semana 15 da gravidez

O reflexo de sucção aparece no bebê e os ossos são fortalecidos. A mãe ganha peso, é hora de começar a pensar em trocar de roupa.

O bebê

Durante a 15ª semana de gravidez, o feto mede aproximadamente 9 a 10 cm e pesa cerca de 50 gramas. Na semana 13, o lanugo começou a aparecer, um cabelo fino que se estende sobre a pele do feto e esta semana cobre a maior parte do corpo do bebê.

Mãe

Você notará um ganho de peso, no máximo 3 quilos, então é hora de começar a considerar uma mudança no figurino

Um sintoma muito comum no segundo trimestre da gravidez é o tamponamento nasal, que impede a respiração e a fala corretamente. Outra característica desse estágio é o aparecimento de manchas na pele, sardas e alterações na cor.

Semana 16 da gravidez

Há muitas mudanças na anatomia do bebê e em sua capacidade sensorial. Os movimentos fetais começam a ser percebidos.

O bebê

Na 16ª semana de gravidez, o feto tem medidas entre 10,8 a 11,6 cm e um peso, que aumentou consideravelmente, de 80 a 100 gramas. Todo o seu corpo é coberto por lanugo

Os olhos começam a ser sensíveis à luz intrauterina fraca. É possível que se inicie o desenvolvimento das impressões digitais.

Mãe

Os inconvenientes do primeiro trimestre são minimizados. Esta fase é vivida com mais tranquilidade, a futura mãe sente os movimentos fetais (que descrevem como bolhas, gases, borboletas ou algo se movendo).

A cárie dentária e sepse oral são mais comuns durante a gravidez. Outro sinal característico é o aumento da salivação que algumas mulheres grávidas têm. A ocorrência de cãibras noturnas é frequente a partir da segunda metade da gravidez; são contrações involuntárias e dolorosas.

Semana 17 da gravidez 

Pode ser aconselhado fazer um amniocentese, exame que detecta alterações genéticas e possíveis infecções do feto, nesta semana.

O bebê

A aparência do feto se assemelha cada vez mais à de um recém-nascido, embora o rosto ainda não esteja totalmente definido. O lanugo cobre todo o corpo do bebê junto com uma substância gordurosa chamada vernix caseoso. A água constitui um terço do seu corpo.

Mãe

Dor ou desconforto abdominal podem ocorrer quando o útero é anexado à parede pélvica por ligamentos chamados ligamentos redondos. Recomenda-se deitar de lado quando a dor aparecer.

Semana 18 da gravidez

É realizado a segunda ultrassom, na qual a anatomia e a taxa de crescimento do bebê podem ser analisadas. O futuro bebê já pode chorar e também ouvir.

O bebê

Foram feitas conexões entre o ouvido interno e as terminações nervosas do sistema auditivo, permitindo ouvir sons como sangue fluindo através do cordão umbilical ou batimentos cardíacos da mãe.

A formação das cordas vocais, iniciada na 15ª semana de gravidez, está praticamente terminada e pode emitir sons ao chorar.

Mãe 

Na 18ª semana de gravidez, o útero cresceu consideravelmente; pode-se notar que atinge dois dedos abaixo da altura do umbigo. A pressão aumenta e, portanto, a respiração pode ficar um pouco mais cansada.

Normalmente, a mulher grávida ganha cerca de 4 ou 5 kg de peso ao chegar nesta semana.

Alguns desconfortos, como a necessidade frequente de urinar devido à compressão do útero e constipação, se intensificam. Por volta dessa 18ª semana de gestação, é realizado a segunda ultrassom.

Veja o que esperar na próxima fase da sua gravidez aqui!