Gravidez semana a semana – 9˚ a 13˚ semana

No terceiro mês de gravidez, as alterações hormonais podem tornar a mulher mais sensível. Além disso, o cérebro do seu futuro bebê tem um grande desenvolvimento e a forma humana do bebê começa a ser definida mais claramente.

Terceiro mês de gravidez

Descubra o restante das alterações que afetarão a futura mãe e o feto no final do primeiro trimestre de gravidez e início do pré-natal.

Semana 10 da gravidez

O útero aumenta ocupando a maior parte da pelve e cresce a vontade de urinar. Você tem que começar a controlar o ganho de peso.

O bebê

Na décima semana de gravidez, o feto mede aproximadamente 4 centímetros e seu peso gira em torno de 5 gramas. 

A forma humana é definida de maneira mais clara, como braços, mãos, pulsos e dedos com uma grande variedade de movimentos, embora a mãe ainda não os note.

Um desenvolvimento notável acontece no cérebro, onde a produção de neurônios aumenta em cerca de 250.000 por minuto.

Mãe

A futura mãe que sente a barriga mais inchada. O útero aumentou de tamanho, ocupando a maior parte da pelve, aumentando o desejo de urinar devido ao aumento da pressão. 

Os seios continuam a aumentar de tamanho e os sutiãs normais começam a incomodar. A ação dos hormônios faz com que a mulher grávida seja mais sensível e sofra alterações de humor, facilmente chora ou fica excitada com eventos ou situações que não a afetariam antes.

Semana 11 da gravidez

Esta semana é marcada pelo desenvolvimento externo dos órgãos sexuais. Se a ultrassom permitir, você poderá saber se é menino ou menina.

O bebê

O feto mede aproximadamente seis centímetros e o peso aumenta para 8-9 gramas. O queixo e o pescoço começam a se desenvolver, o que significa que a cabeça está separada da posição inicial (presa ao peito). 

As unhas aparecem e os dedos são separados para em breve ele abrir e fechar os punhos. Os ossos começam a endurecer. No caso ser um bebê do sexo masculino, nesta semana os testículos começarão a produzir o hormônio masculino, a testosterona.

Mãe

A partir da 11ª semana de gravidez, começa um período mais calmo. Os desconfortos da manhã (enjoo matinal) podem começar a desaparecer. Embora a fadiga e o sono sejam dois dos fatores predominantes

A circulação sanguínea aumenta devido às necessidades do bebê, o que causa uma respiração mais rápida. Além de um cheiro forte, pode-se notar um aumento na produção de saliva.

Há mulheres grávidas que sofrem mais queda de cabelo e as unhas começam a quebrar; e em outras mulheres, as unhas são fortalecidas. Cãibras nas pernas bem como uma sensação de peso, são frequentes a partir deste momento.

Semana 12 da gravidez

A partir da 12ª semana de gravidez, inicia-se o período fetal, caracterizado por um processo de crescimento e maturação

O bebê

Na 12ª semana de gravidez, o feto aumenta consideravelmente de tamanho, chegando a nove centímetros. Igualmente significativo é o ganho de peso, podendo atingir entre 8 e 15 gramas.

Os órgãos (pulmões, fígado, estômago…) estão bem formados. O sistema urinário começa a funcionar e os órgãos genitais são bem definidos, para que você possa descobrir no ultrassom (se puder ver) o sexo do bebê.

Mãe

A futura mãe começa a mostrar uma barriga mais pronunciada. A ação hormonal aumenta, assim como o fluxo sanguíneo, que se reflete em uma pele mais lisa e brilhante, além de uma aparência muito saudável. Ainda assim, a ação dos hormônios pode causar acne gestacional.

Semana 13 da gravidez

A futura mãe vê as mudanças físicas que a gravidez causa no seu corpo, enquanto os sintomas do início da gravidez (fadiga, náusea…) diminuem ou desaparecem.

O bebê

Na semana 13 da gravidez há uma grande proliferação celular que resulta em um aumento de peso e comprimento, que até a semana 25 será muito rápido. O feto tem um peso aproximado entre 13 e 20 gramas e mede entre 6,5 e 8 cm.

Os órgãos estão perfeitamente desenvolvidos, agora começam a aumentar de tamanho e amadurecer as funções que desempenharão. 

Mãe 

A futura mãe tem aumento na cintura e peso. Os seios se desenvolvem consideravelmente. Sudorese, saliva e corrimento vaginal aumentam. Também pode iniciar a secreção de leite muito amarelado. 

Os sintomas do início da gravidez (fadiga, cansaço, náusea, vômito, etc.) começam a diminuir ou desaparecer. No entanto, outros sintomas como azia e refluxo pioram. 

Conheça aqui a próxima fase!