10 itens para ajudar na introdução alimentar do seu bebê

A introdução alimentar é muito importante para que a criança tenha uma alimentação mais equilibrada e saudável. No período de amamentação a mãe já começa a refletir sobre os hábitos alimentares da família e procura se informar, para se preparar para a introdução alimentar de seu bebê.

Nesse período é preciso esclarecer as dúvidas, sendo que é muito importante ir ao pediatra para fazer o acompanhamento.

Essa fase ajuda a define o paladar da criança para as texturas e os diferentes sabores. Por isso, a alimentação deve ser feita com alimentos naturais sem açúcar ou sal, com nada que seja industrializado.

Preparando o bebê

O ideal é que a introdução alimentar comece aos 6 meses, sendo que antes desse período, a criança só deve consumir o leite materno. Mas a amamentação deve continuar até os 2 anos.

Aos 6 meses, ele pode consumir frutas, legumes, arroz, feijão, macarrão, etc. Isso deve ser feito de forma lenta e gradativa, de acordo com o desenvolvimento do bebê. O melhor é começar com as frutas e, depois acrescentar os legumes, os vegetais mais coloridos, verduras e proteínas. Por fim fica o arroz, o feijão e o macarrão.

Itens importantes para a introdução alimentar do bebê

Se for possível, o ideal é começar a comprar alguns itens já na hora de fazer o enxoval.

Os itens importantes para a introdução alimentar são:

Uma cadeirinha de alimentação;

Uma lancheira térmica;

Alguns potes para congelar a comida do bebê;

Um conjunto de pratinhos de bebê;

Quatro babadores de plástico, silicone ou descartáveis;

Dois pratos Bowl;

Colheres de silicone;

Um porta snacks;

Quatro potes térmicos;

Seis copos de transição / treinamento.

Dicas para introdução alimentar

Nada de sal

O sal não deve ser inserido na alimentação durante o primeiro ano de vida. O indicado é que o bebê comece ingerindo só 350 mg de sódio por dia por meio de outros alimentos.

Nada de temperos fortes

Os temperos mais fortes podem tirar o sabor dos alimentos. Por isso, o ideal é usar as ervas mais básicas e de sabor mais leve, como o alecrim, e evitar os fortes, como pimenta ou noz-moscada durante o primeiro ano.

Nada de sucos de frutas industrializado ou natural 

Quando a fruta é transformada em suco, a concentração de fibra diminui, e a taxas de açúcar podem aumentar a quantidade de glicemia.

Água

Junto com a introdução de novos alimentos, é necessário começar a dar água durante a refeição. Caso o bebê não tenha vontade de beber, deixe um copo cheio à vista para ele pedir quando for sentir sede.

Legumes e frutas

O começo pode ser tanto com frutas quanto com legumes. Os legumes devem ser oferecidos nas refeições do almoço e do jantar. No caso das frutas, o recomendado é que sejam as mesmas ingeridas pela mãe na gestação para que a criança se lembre do sabor.

Mastigação

O alimento precisa ser amassado com um garfo para que fiquem pequenos pedaços para o bebê comer. Isso fará com que ele tenha que mastigar, aprendendo o movimento da mastigação e sentindo melhor o sabor.

Não camuflar um alimento em outro

Esconder um legume ou verdura no meio da carne, por exemplo, quando o bebê rejeita o alimento, não é bom. Isso, porque é importante que a criança sinta a textura.

Quantidade

Não determine uma quantidade de alimento, pois cada corpo é único. O recomendado é que sejam realizados testes para oferecer a quantidade que o bebê conseguir comer. Algumas crianças podem comer uma grande quantidade de alimento durante as refeições e outras só comem uma quantidade menor. O importante é que, de um jeito ou de outro, o bebê cresça e se desenvolva. É a criança que deve estabelecer quanto deseja comer.

Rejeição ao alimento

Mesmo que o bebê rejeite um alimento na primeira vez, é preciso continuar insistindo. Em seu primeiro ano, o corpo da criança passa por várias mudanças que afetam a sua percepção dos alimentos. O importante é ter sempre paciência e, após a primeira tentativa, espere umas duas semanas para oferecer o alimento de novo.

Uma boa ideia é que o alimento seja apresentado com diferentes formas de preparo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here